VOCÊ ESTÁ OUVINDO

Flash Back - As Mais Velhinhas da Laser

Com: Rádio Laser FM
Horário: 04:00 - 07:00
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Ar condicionado no 15
  • 2
    Simone e Simaria

    Simone e Simaria

    Regime fechado
  • 3
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Abre o Portão que eu Cheguei
  • 4
    Marcos e Belutti

    Marcos e Belutti

    Eu era
  • 5
    Máida e Marcelo

    Máida e Marcelo

    Pra mim Continua
  • 6
    Racyne e Rafael

    Racyne e Rafael

    Cabaré
  • 7
    Victo e Léo

    Victo e Léo

    Senhorita
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Politica

18 de Junho de 2017
Aliados de Michel Temer se movimentam para que ele fique na presidência
Uma das estratégias dos partidos aliados é esvaziar a sessão da Câmara que deve analisar a denúncia criminal contra o presidente da República
Clique para ampliar

Com a perspectiva da Procuradoria-Geral da República de entregar denúncia formal contra o presidente Michel Temer, seus aliados políticos começam a arquitetar estratégias para barrar processo contra ele na Câmara dos Deputados. A iniciativa dos aliados seria de esvaziar a sessão da Casa que deve avaliar a queixa criminal contra o presidente.

A informação foi dada pelo Jornal A Folha de São Paulo na edição deste domingo (18). A manobra pensada pelos aliados de Michel Temer pode dificultar que a denúncia, que deve ser apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na semana que se inicia, se transforme em um processo no Supremo Tribunal Federal.

Para isso eles vão esvaziar a sessão da Câmara quando necessário e impedir que a oposição tenha os 342 votos necessário para dar sequência a investigação contra Temer.  Caso a votação ocorra da mesma forma que foi julgado o caso da ex-presidente da República, Dilma Rousseff, os congressistas devem falar seu voto de forma aberta. Entretanto, quem decide como a votação se dará é o presidente da Câmara, no caso Rodrigo Maia, é necessário saber como o aliado do presidente procederá sobre o assunto.

No final da semana passada Rodrigo Maia informou que pode suspender o recesso no mês de julho para julgar o pedido da Procuradoria-Geral da República e afirmou que a medida se faz necessária, já que refere-se a uma denúncia contra  a presidência da República. Não existem garantias se a manobra dará certo ou não, entretanto é evidente o esforço do atual governo para manter-se no poder. 

Leia também: Michel Temer diz que Joesley “desfia mentiras em série” e fala em processá-lo

Mais escândalos

A denúncia contra Temer deve chegar mais rápida na Câmara após a entrevista do empresário proprietário da JBS,   Joesley Batista , à Revista Época. O empresário reafirmou todas as acusações feitas ao então presidente da República e chamou Temer de "chefe da maior organização criminosa". 

Para se defender e tentar blindar sua imagem perante a população, Michel Temer informou que vai processar o empresário. Em nota, o Palácio do Planalto enfatizou que a relação e o enriquecimento da empresa de Batista deu-se no governo anterior e que a intenção do mesmo é vingança, uma vez que seu governo não favoreceu a empresa de JBS em nenhum momento.  

Fonte: Último Segundo - iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-06-18/aliados-de-michel-temer.html


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2017 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO >>