VOCÊ ESTÁ OUVINDO

Programa 100% Sertanejo

Com: JP
Horário: 14:30 - 16:15
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Marília Mendonça

    Marília Mendonça

    Amante não tem lar
  • 2
    Anitta

    Anitta

    Paradinha
  • 3
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Abre o Portão que eu Cheguei
  • 4
    Marcos e Belutti

    Marcos e Belutti

    Eu era
  • 5
    Máida e Marcelo

    Máida e Marcelo

    Pra mim Continua
  • 6
    Racyne e Rafael

    Racyne e Rafael

    Cabaré
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Goiás

03 de Julho de 2017
Corpo de jovem desaparecido é encontrado dentro de grota em GO
Delegado afirma que corpo já foi reconhecido por familiares da vítima. Rapaz estava sumido há dez dias, em Santa Cruz de Goiás
Clique para ampliar

O corpo do estudante Wagner Nascimento, de 18 anos, foi encontrado dentro de uma grota em Santa Cruz de Goiás, no sul goiano, nesta segunda-feira (3). A vítima estava desaparecida desde o último dia 23 de junho. O delegado responsável pelas investigações, Eduardo Eustáquio Rezende de Miranda, informou que parentes reconheceram o rapaz por meio de uma tatuagem na perna.

Segundo o delegado, o principal suspeito do homicídio já está preso junto com um comparsa. O investigado também é suspeito de matar a mãe de Wagner, Patrícia Nascimento, de 35 anos, com quem teve um relacionamento. Conforme Miranda, ele teria matado a mulher para ficar com a enteada, que tinha 13 anos na época.

“Ao saber que o autor era suspeito de matar a mãe dele, Wagner teria dito que o mataria para se vingar. Para se prevenir, o preso matou ele antes. No dia do crime, o comparsa dele chamou o Wagner para um lugar perto do mato e o autor o encontrou lá e cometeu o homicídio”, explicou o delegado ao G1.

Ainda segundo Miranda, a vítima teria conseguido morder o autor no braço antes de ser morto. O preso tem marcas de mordida, que serão analisadas. “Vou pedir para o Instituto Médico Legal [IML] analisar a arcada dentária do corpo e comparar com a marca deixada no braço do preso para termos mais uma confirmação de que ele é o autor”, completou.

Conforme o investigador, os suspeitos estão detidos por prisão temporária, que expira em 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30. No entanto, informou que deve pedir que a prisão seja transformada em preventiva.

A dupla deve ser autuada pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. Se chegarem a ser condenados, cada um pode ficar preso por até 30 anos, segundo o delegado.

 

(Fonte: G1/Goias)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2017 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO >>