ESTAMOS APRESENTANDO

Programa Encontro com Deus

Com: Presbítero Osnir José
Horário: 22:00 - 23:55
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Bruno e Marrone part. Jorge e Mateus

    Bruno e Marrone part. Jorge e Mateus

    Surto de Amor
  • 2
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Cem mil
  • 3
    Zé Neto e Cristiano

    Zé Neto e Cristiano

    Estado Decadente
  • 4
    Naiara Azevedo

    Naiara Azevedo

    Rapariga Digital
  • 5
    Léo Magalhães

    Léo Magalhães

    Brega com pinga
  • 6
    Higor e Henrique

    Higor e Henrique

    Kit Sofrência
  • 7
    Marília Mendonça

    Marília Mendonça

    Ausência
  • 8
    Maiara e Maraisa

    Maiara e Maraisa

    Coração Infectado
  • 9
    Luan Santana

    Luan Santana

    Mc Lençol e Dj Travesseir
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Cidades

22 de Outubro de 2018
Enfermeiros se reúnem para discutir possível paralisação no Hugo
Trabalhadores reclamam do atraso no salário, das condições de trabalho, da falta de insumos no hospital e até de assédio moral
Clique para ampliar

Enfermeiros e técnicos de enfermagem que trabalham no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) devem se reunir em na noite desta segunda-feira (22) para discutir uma possível paralisação no hospital. A assembleia está marcada para às 19 horas na recepção social do Hugo.

Os trabalhadores reclamam principalmente do atraso no salário. “Todo mês atrasa, a gente devia receber no quinta dia útil do mês, mas hoje já é dia 22 e nada do salário e não tivemos nem mesmo uma resposta sobre o atraso”, disse um funcionário que preferiu não se identificar.

Outras reclamações são referentes às condições de trabalho, à falta de insumos no hospital e até ao assédio moral que os funcionário estão sofrendo. “Até a equipe terceirizada que trabalha na lavanderia está sem receber. Estamos precisando racionar lençol”, contou o trabalhador.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde-GO), Flaviana Alves, um ofício já foi enviado solicitando o pagamento do salário em 24 horas. “Nós não vamos entrar em greve porque o serviço de urgência não pode parar, mas vamos organizar uma paralisação se o pagamento não for feito”, explicou.

 

(Fonte: Mais Goiás)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2019 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>