VOCÊ ESTÁ OUVINDO

Manhã Laser

Com: Rádio Laser FM
Horário: 07:00 - 09:00
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Ar condicionado no 15
  • 2
    Simone e Simaria

    Simone e Simaria

    Regime fechado
  • 3
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Abre o Portão que eu Cheguei
  • 4
    Marcos e Belutti

    Marcos e Belutti

    Eu era
  • 5
    Máida e Marcelo

    Máida e Marcelo

    Pra mim Continua
  • 6
    Racyne e Rafael

    Racyne e Rafael

    Cabaré
  • 7
    Victo e Léo

    Victo e Léo

    Senhorita
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Saúde

24 de Março de 2015
Saúde recomenda vacina contra sarampo para quem viaja
A dose da vacina tríplice viral, que além do sarampo protege contra a caxumba e a rubéola, deve ser tomada pelo menos duas semanas antes da viagem
Clique para ampliar

Crianças de seis a 11 meses de idade que se deslocarão para o Estado do Ceará devem ser vacinadas contra o sarampo. Quem pretende viajar para países da África, Ásia e regiões da América e Europa, como Itália, Alemanha, Rússia, Estados Unidos e Canadá também devem se imunizar. A dose da vacina tríplice viral, que além do sarampo protege contra a caxumba e a rubéola, deve ser tomada pelo menos duas semanas antes da viagem. A orientação é do Ministério da Saúde, seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), para evitar a possibilidade de ocorrências do agravo nesta faixa etária.

A gerente de Imunizações e Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde, Clécia Vecci, ressalta que adolescentes e adultos que irão para estes locais também devem tomar a vacina. Para esta faixa etária, a tríplice viral tem o seguinte esquema: duas doses para menores de 20 anos e uma dose para maiores de 20 anos.

“É importante destacar que a dose da tríplice viral administrada de 6 meses a menores de um ano não será considerada válida para o esquema vacinal do calendário da criança. Ou seja, os responsáveis devem retornar com a criança ao posto de saúde para a administração da tríplice viral aos 12 meses e, aos 15 meses, da vacina tetra viral, previstas no Calendário Nacional de Vacinação”, destaca Clécia Vecci. A tetra viral imuniza contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora). As duas vacinas estão disponíveis na rede pública.

Dados
De 2013 a 14 de fevereiro de 2015, a Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde confirmou 763 casos do vírus de sarampo no Ceará, o que corresponde a 21,7% entre crianças da faixa etária de seis meses a menores de um ano de idade. Os dados são alarmantes, o que indica que o vírus nessa região está em completa atividade. Em Goiás, o último caso registrado foi 1999. No ano passado, cerca de 198.124 pessoas foram detectadas com o vírus no mundo, em especial, nos países da África e Ásia. O vírus também ganhou notoriedade nos continentes da América e Europa, principalmente, no Brasil, Estados Unidos, Canadá, Itália, Alemanha e Rússia.

Sarampo
Altamente contagioso, o sarampo é propagado por meio das secreções mucosas (como tossir, espirrar, falar e respirar, por exemplo) de indivíduos doentes para outros não-imunizados, tanto em crianças quanto em adultos. O período de incubação dura entre oito e 13 dias. Depois começam a aparecer os principais sintomas: pequenas erupções na pele (exantemas) de cor avermelhada, febre alta, dor de cabeça, mal-estar e inflamação das vias respiratórias. Vacinar é o meio mais eficaz de prevenção.

 

(Fonte: Mais Goias)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>