ESTAMOS APRESENTANDO

Saudade não tem Idade

Com: Silvinho
Horário: 14:00 - 16:00
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Não Fala Não Pra Mim
  • 2
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Zé da Recaída
  • 3
    Bruno e Marrone

    Bruno e Marrone

    Beijo na Varanda
  • 4
    Henrique e Juliano

    Henrique e Juliano

    Quem Pegou Pegou
  • 5
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Só Pra Castigar
  • 6
    Eduardo Costa

    Eduardo Costa

    Olha ela aí
  • 7
    Marília Mendonça

    Marília Mendonça

    Ausência
  • 8
    Maiara e Maraisa

    Maiara e Maraisa

    Coração Infectado
  • 9
    Luan Santana

    Luan Santana

    Mc Lençol e Dj Travesseir
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Meio Ambiente

05 de Junho de 2015
Sete espécies de sapos minúsculos são descobertas no Brasil
Sete novas espécies de sapos minúsculos foram encontradas em sete montanhas diferentes no sul do Brasil
Clique para ampliar

Um estudo da Universidade Federal do Paraná (UFPR), divulgado na publicação científica PeerJ, afirma que as descobertas foram fruto de cinco anos de pesquisas em áreas montanhosas da Mata Atlântica no Paraná e em Santa Catarina.

O clima único da região isola os picos montanhosos, onde as temperaturas são mais baixas do que nos vales. O isolamento, segundo os cientistas, permitiu a descoberta de 21 espécies conhecidas do sapo Brachycephalus – agora, são 28.

Todos eles têm cerca de um centímetro de comprimento e muitos possuem peles coloridas e venenosas, que afastam predadores.

Marcio Pie, professor da UFPR, disse que, para encontrar os animais, escalou mais montanhas do que consegue lembrar.

"É muito exaustivo. As montanhas não são tão altas – a maioria delas têm entre mil e 1.500 metros –, mas as trilhas não são bem sinalizadas", disse à BBC.

Jogo de adivinhação
De acordo com Pie, as florestas elevadas do sul possuem mais espécies diferentes por quilômetro quadrado do que a Amazônia.

Os pequenos sapos variam de acordo com a cor e a rugosidade da pele A subida de uma montanha pelos pesquisadores leva cerca de oito horas

Animais como os sapos Brachycephalus são particularmente sensíveis ao ambiente. Por isso, sentem o impacto até mesmo de mudanças de temperatura de uma montanha em relação a um vale. Isso faz com que a população de sapos em cada montanha se desenvolva, lentamente, em uma nova espécie.

Há restrições para o quão diferentes umas das outras estas pequenas criaturas podem ser tornar. Assim como os menores vertebrados terrestres, a maior parte da anatomia deles é otimizada para uma escala menor.

 

(Fonte: Último Segundo)

 


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>