ESTAMOS APRESENTANDO

Programa Catalão em Ação

Com: Divino Rodrigues
Horário: 12:00 - 13:30
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Não Fala Não Pra Mim
  • 2
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Zé da Recaída
  • 3
    Bruno e Marrone

    Bruno e Marrone

    Beijo na Varanda
  • 4
    Henrique e Juliano

    Henrique e Juliano

    Quem Pegou Pegou
  • 5
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Só Pra Castigar
  • 6
    Eduardo Costa

    Eduardo Costa

    Olha ela aí
  • 7
    Marília Mendonça

    Marília Mendonça

    Ausência
  • 8
    Maiara e Maraisa

    Maiara e Maraisa

    Coração Infectado
  • 9
    Luan Santana

    Luan Santana

    Mc Lençol e Dj Travesseir
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Mundo

28 de Dezembro de 2015
Polícia do Senegal prende 11 pessoas por participarem de casamento gay
Entre os detidos estão os dois noivos. A polícia continua à procura de alguns dos convidados do casamento, que não foram detidos no momento e fugiram.
Clique para ampliar

A polícia do Senegal deteve 11 pessoas por terem participado de uma cerimônia simbólica que representava um casamento entre pessoas do mesmo sexo, prática que a legislação senegalesa penaliza, informou hoje (27) a imprensa local. Entre os detidos estão os dois noivos.

Segundo os relatos dos jornais, os fatos ocorreram na sexta-feira (25) em uma escola de Kaolack, 200 quilômetros a sul de Dakar e na província de Casamansa, quando a polícia interrompeu o ato de união de dois homens e apreendeu os anéis de casamento e outros objetos não especificados. A polícia continua à procura de alguns dos convidados do casamento, que não foram detidos no momento e fugiram.

Em 2008, a polícia senegalesa prendeu um casal do mesmo sexo que se casava no município de Mbao, nos arredores de Dakar. Em agosto último, um tribunal da capital do país condenou a seis meses de prisão sete pessoas acusadas de "praticar homossexualidade".

O Código Penal do Senegal prevê penas de prisão de até cinco anos e multas até US$ 3 mil (cerca de R$ 11,8 mil) a quem praticar atos "impróprios ou antinaturais com uma pessoa do mesmo sexo".

 

(Fonte: Mais Goiás)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>