ESTAMOS APRESENTANDO

Linha Gospel

Com: Rádio Laser FM
Horário: 00:00 - 01:00
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Ar condicionado no 15
  • 2
    Simone e Simaria

    Simone e Simaria

    Regime fechado
  • 3
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Abre o Portão que eu Cheguei
  • 4
    Marcos e Belutti

    Marcos e Belutti

    Eu era
  • 5
    Máida e Marcelo

    Máida e Marcelo

    Pra mim Continua
  • 6
    Racyne e Rafael

    Racyne e Rafael

    Cabaré
  • 7
    Victo e Léo

    Victo e Léo

    Senhorita
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Violência

11 de Abril de 2016
Irmão chora por corretora que levou tiro e bateu carro: 'Família destruída'
Depois de ser atingida na cabeça, ela colidiu contra poste, em Goiânia. Corpo de Patrícia Andrade, 33 anos, foi enterrado em Itaberaí, onde nasceu.
Clique para ampliar

A família da corretora de seguros Patrícia de Paula Moreira Andrade, de 33 anos, que morreu ao ser baleada enquanto dirigia, em Goiânia, está arrasada. Irmão da vítima, o administrador Plínio de Paula Moreira Andrade, 30 anos, acredita que ela foi assassinada sem motivo.

“A minha família está destruída. Minha irmã foi tratada com crueldade. A minha irmã tomou um tiro entre os olhos, bem na testa, e assim, sem nenhum motivo. Não levou nada dela, ela estava chegando em casa. Minha irmã não tem inimigos nenhum. Simplesmente, ela foi assassinada”, lamentou Andrade durante o enterro da irmã em Itaberaí, na região noroeste de Goiás.

saiba mais.

Patrícia foi morta no sábado (9), no Setor Sudoeste, na capital goiana. Após ser baleada, a corretora de seguros bateu o carro contra um poste. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu ao ferimento. O enterro ocorreu no dia seguinte, na cidade em que ela nasceu.

Um homem que mora próximo ao local do crime conta que ouviu o tiro. “Eu ouvi uma acelerada de moto, essa hora eu acordei, fiquei assustado. De repente eu já ouvi um pipoco. Foi um tiro. Aí, logo de repente, houve uma batida no poste”, relatou o vizinho, que preferiu não se identificar.

Investigação
A Polícia Civil informou que a Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) investiga o crime. De acordo com nota enviada pela assessoria de imprensa da corporação, já estão em andamento exames periciais e cadavérico. Nesta segunda-feira (11), familiares e testemunhas devem começar a ser ouvidos. Por enquanto, a polícia não fornecerá mais detalhes sobre o caso para não atrapalhar o andamento da apuração.

A família pede que os exames periciais fiquem prontos no menor tempo possível para ajudar nas investigações. "Eu acho que 15, 30 dias para esses laudos saírem é muito tempo para uma pessoa ficar impune na rua e poder fazer mal para outras pessoas. Minha família está arrasada. Acho que a população em geral se indigna com isso", disse o irmão de Patrícia.

Patrícia Andrade morre ao ser baleada na cabeça enquanto dirigia, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Corretora de seguros sofreu um tiro na cabeça (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Andrade declarou que lutará pela punição do autor do crime. “Vamos atrás de justiça. Queremos respostas, queremos solução para o caso dela, quem fez isso com ela tem que pagar na justiça dos homens e na de Deus”, disse Andrade ao G1.

Emocionado, o irmão também recordou da personalidade dela. “Perdi minha única irmã. Não podiam ter feito isso com uma pessoa inocente como ela, que não tinha problema com ninguém. Ela era sempre tão alegre, cheia de vida, cheia de sonhos. Não deixava nada para amanhã. Viveu pouco, mas viveu intensamente”, concluiu.

Carro de Patrícia Andrade bateu contra poste no Setor Sudoeste, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Carro de Patrícia Andrade bateu contra poste no Setor Sudoeste (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)
(Fonte: G1/Goias)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>