ESTAMOS APRESENTANDO

Programa Catalão em Ação

Com: Divino Rodrigues
Horário: 12:00 - 13:30
AS MAIS + DA LASER
  • 1
    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

    Não Fala Não Pra Mim
  • 2
    Gusttavo Lima

    Gusttavo Lima

    Zé da Recaída
  • 3
    Bruno e Marrone

    Bruno e Marrone

    Beijo na Varanda
  • 4
    Henrique e Juliano

    Henrique e Juliano

    Quem Pegou Pegou
  • 5
    Wesley Safadão

    Wesley Safadão

    Só Pra Castigar
  • 6
    Eduardo Costa

    Eduardo Costa

    Olha ela aí
  • 7
    Marília Mendonça

    Marília Mendonça

    Ausência
  • 8
    Maiara e Maraisa

    Maiara e Maraisa

    Coração Infectado
  • 9
    Luan Santana

    Luan Santana

    Mc Lençol e Dj Travesseir
PUBLICIDADES
ESTATÍSTICAS
    Usuários Online:  4
 

Notícias » Catalão

12 de Outubro de 2016
Prefeito eleito Adib Elias recebeu a imprensa de Catalão para uma entrevista coletiva
O prefeito eleito de Catalão, Adib Elias (PMDB) recebeu na última sexta-feira (07) no Comitê Jurídico do partido, membros da imprensa da cidade para uma entrevista coletiva.
Clique para ampliar

Foram abordados diversos temas que dizem respeito à política na cidade e a administração do município nos próximos anos. Adib iniciou a coletiva falando da satisfação em receber a imprensa e afirmando que “pelo papel e pela administração que vou fazer eu já sou candidato a reeleição”.

Uso da internet, redes sociais durante a sua administração

 

“Vou utilizar a internet, as redes sociais na administração da mesma forma que usei na campanha. Nós não conseguiríamos ter alcançado uma votação dessas, esplendorosa, vultosa se nós não tivéssemos tido um papel preponderante das redes sociais, não durante a eleição, mas durante os quatro anos, aonde nós pudemos evidenciar com muita transparência tudo aquilo que acontecia aqui na cidade de Catalão. Depois da própria internet, com a participação da Rádio Top e rádio Nova Liberdade para levar verdadeiramente aquilo que acontecia em Catalão, que não era aquela cidade mostrada e nós mostramos o que acontecia na cidade e isso foi preponderante para a campanha e para o resultado eleitoral e é claro que nós vamos continuar exercendo esse papel e esse trabalho nas redes sociais, fazer uma estrutura grande dentro da prefeitura para mostrar a administração e evidentemente mostrar o que Catalão tem”.

 

Ainda sobre o tema, afirmou que “nós precisamos criar subsídios para que as empresas, os comércios que fecharam em Catalão possam ser reabertos e nós vamos mostrar Catalão nas redes sociais amplamente, para mostrar o que nós temos, a nossa localização, o Distrito Industrial, mostrar que Catalão vive de múltiplas economias, para que nós possamos atrair os empresários para nossa cidade e a internet será uma ferramenta muito importante para a nossa administração”.

 

Início da administração em janeiro de 2017

 

“As atitudes que eu tenho na cabeça, para serem implementadas já no primeiro momento, eu tenho certeza absoluta que nós vamos consertar, apenas na ‘caneta’ 70% do que nós estamos vivendo. Só de mudar o clima político, houve com certeza uma valorização do patrimônio do povo de Catalão em 20%, porque todo mundo conhece e sabe que eu vou implementar, eu vou fazer rápido”.

 

Resultado histórico das urnas

 

“Sei da responsabilidade, entendo que tenho que receber esse resultado com humildade. Vocês não me viram soltar foguete na casa do prefeito, vocês não me viram fazer absolutamente nada que pudesse lesar a família dele. Isso (votação) não é qualquer resultado, pois nunca houve em Catalão e nem nos outros momentos, que fui o primeiro prefeito reeleito, que fui o primeiro prefeito que fiz o sucessor, que tive a maior votação para deputado estadual na história e agora essa, ninguém me viu de sapato de salto, vaidoso ou arrogante”.

 

Primeiros Projetos

 

“Todo mundo que ganha a eleição vai para a Europa, outros vão para o Pantanal, eu anteontem estava reunido com toda a direção da Caixa Econômica Federal em Goiás, mais o vice-presidente (da Caixa) Fábio Lenza, para projetar a construção de moradias em Catalão. Eu estou com todo o projeto de canalização do córrego Pirapitinga, do antigo Posto do Gaúcho para baixo, onde o orçamento está pronto, a planta está pronta, para buscar, depois deste feriado, dinheiro para fazer a parceria com a prefeitura. Eu sei o que vou ter que fazer para mudar a cara para aqueles que usam a prefeitura, você não pode levar 90 dias para liberar uma construção. A Secretaria de Obras, a Vigilância Sanitária, o Meio Ambiente têm que interagir para o contador não ficar 90 dias indo na prefeitura para abrir uma empresa”.

 

Secretariado

 

“Só vou divulgar a partir de novembro e diria que as grandes peças estão na minha cabeça, mas nenhum deles sabe, porque eu tenho pensado muito. Tenho certeza absoluta que será um grande secretariado e que ninguém espera, farei uma grande renovação de pessoas”.

 

Candidatura ao Governo de Goiás

 

“Eu sempre falei que a eleição mais vislumbrada, mais olhada (em Goiás), não é Anápolis e nem Goiânia, é Catalão. Na quinta-feira da última semana, aconteceu uma reunião, de todos os prefeitos que foram eleitos e os que não ganharam do PMDB e partidos aliados em apoio ao Iris Rezende e confesso que os aplausos para mim foram diferentes, por causa da minha história dentro do partido. Uma coisa é você ter um mandato e a outra é você ter uma carreira, e eu optei por uma carreira. O Ronaldo (Caiado) me disse que isso (votação) coloca você como postulante (à candidatura ao governo do Estado) e eu disse a ele que não posso nem pensar em postular, eu tenho que pensar em ficar em Catalão e administrar a cidade. Evidentemente que o governo vai mudar, eu não tenho dúvida dessa vez. Evidentemente, se eu estiver bem na prefeitura, tiver resolvido a grande maioria das coisas e tiver uma oportunidade de ser ‘cabeceira’, eu vou”.

 

Funcionários comissionados

 

“O ICMS de um ano tem como referência o ano anterior, então o prefeito Jardel está usando o ICMS do ano passado, quando não tinha crise, e eu vou usar o ICMS deste ano, para o ano que vem. Então você tem que estar sabedor disso, que vai cair o ICMS, como vai cair o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), então eu quero dizer com isso que claro que haverá funcionário comissionado, hoje lá (prefeitura) tem 1.100, eu passei com 300 e não desagreguei ninguém do meu time.  As primeiras pessoas que eu vou olhar são as pessoas militantes e segundo são os candidatos a vereador, vão ter o seu espaço, pois ninguém administra sozinho e eu vou valorizar profundamente quem esteve comigo”.

 

Parceria com o Governador Marconi Perillo

 

“No último comício da campanha, eu disse que, em ganhando as eleições, eu iria procurar o governador Marconi Perillo (PSDB) para uma primeira reunião, para saber se ele verdadeiramente quer ter parceria administrativa com Catalão. Não foi preciso eu procurá-lo, pois na última quarta-feira, vieram falar comigo o presidente da Assembleia, deputado Hélio de Sousa (PSDB) e o líder do governo (deputado José Vitti – PSDB) e eles me disseram que conversaram com o Marconi e que é para eu conversar com ele, para fazer parceria. Eu disse que não tenho dificuldade nenhuma e vou lá para uma coisa: eu quero levar algumas pessoas comigo e vou dizer para ele (governador) que vivi sem ele (durante as primeiras administrações), mas quero mostrar que eu amadureci, estou mais experiente e vou fazer dois pedidos para saber se ele também está mais amadurecido, mais experiente. Um deles é que o governador mande um projeto para a assembleia, oneroso ou não, passando a área da Pecuária para o Sindicato Rural de Catalão. O segundo pedido é a volta do Comandante Caetano para Catalão, pois a tropa só trabalha se tiver uma pessoa que ela gosta”.

 

Nova Câmara de Vereadores (2017)

 

“Fiz 10 vereadores, com a possibilidade de fazer 11, porque se o Cláudio Lima (PMDB – que foi candidato a vereador, mas teve o registro de candidatura indeferido pelo juiz da 8ª Zona Eleitoral e terá o seu recurso julgado em Goiânia), for suplente, eu não queria, mas eu vou tentar puxar um vereador, para o Cláudio ser titular, pelo merecimento dele”.

 

Escolha do Presidente da Câmara

 

“Eu nunca entrei em Câmara de Vereadores (no processo eleitoral para escolha do presidente da Casa), agora eu vou entrar, pois são 10 vereadores do meu lado, se o Gilmar, o Rodrigão, o Deusmar e o Caçula quiserem disputar dentro dos 10 vereadores eu aceito, mas se eles quiserem negociar com a oposição, aí eu vou entrar na eleição. Vou escolher um candidato e vou dizer que quem quiser participar comigo na prefeitura tem que votar no meu candidato, e se fizer acordo lá fora (com os sete vereadores) isso eu não vou aceitar”.

 

Derrota dos vereadores aliados da administração tucana em Catalão

 

“Fui um dos grandes responsáveis, queiram eles ou não. Tem sete meses que venho falando e apresentando (à população) candidatos, além disso, eles estavam acoplados ao pior prefeito da história política de Catalão, que evidentemente derrotou 8, sobraram dois porque não tinha mais gente nova com voto para tirá-los também, porque na verdade o povo queria era tirar todo mundo. Dos sete (vereadores) nossos, claro que teve uma renovação pois houve menos votos em relação a 2012 na aliança do PMDB do que agora, mas continua sendo o partido que mais vereadores fez”.

 

PSDB em Catalão após as eleições

 

“O PSDB não tem mais líder aqui, porque na verdade não foi enterro, foi soterramento, foi tsunami (o resultado das eleições). Então eu entendo que o prefeito não tem retorno, acho muito difícil, porque o povo implicou com o CPF dele, com a pessoa física dele. Eu entendo que o PSDB tem que reestruturar em Catalão, inclusive arrumar novo líder, porque não tem”.


Crac – Clube Recreativo e Atlético Catalano

 

“Vou visitar o Juiz do Trabalho para tirar do leilão (parte do estádio Genervino da Fonseca, que pode ser leiloada em virtude de dívidas trabalhistas) ou então para esperar que eu entre. Na sexta-feira (07), terminou o contrato do Crac com a prefeitura, então já volta para as mãos do Conselho e será escolhido um novo presidente, a pedido meu. Então estou trabalhando, porque o campeonato começa por volta do dia 20 e eu vou entrar no dia 1° de janeiro, mas na minha cabeça já tenho treinador e tenho 70 nomes de jogadores que nós estamos escolhendo. Quero é tentar ser campeão ou no mínimo classificar entre os quatro, mas a grande função nossa é manter o Crac no ano que vem na primeira divisão. Agora, acho que não tem jeito de não vender aquela área (que pode ser leiloada). Mas tem que vender, botar em uma conta e chamar os credores como o Roberto (Roberto Silva, ex-presidente do Crac) e eu fizemos em 2001, com uma dívida que era de R$ 3 milhões na época, nós negociamos e ficou em R$ 1,5 milhão”.

 

Santa Casa de Misericórdia de Catalão

 

“Vamos voltar o convênio com a Santa Casa, mas de uma maneira diferente. Nós vamos pagar bem os médicos que dão resolução, o dinheiro será usado para pagar bem o ‘doutor’”.

 

Nova empresa de transporte coletivo

 

“As obras que eu tenho ‘caneta’, eu vou resolver antes de entrar lá (na prefeitura). Podem guardar uma coisa: antes de entrar na prefeitura, aquele terminal (de coletivos) vai estar todo arrumado. O que eu falei na campanha é verdade, serão 14 ônibus 0 km, com ar condicionado, 14 ônibus reservas e mais ainda, prancha para subir o deficiente e vamos abaixar a passagem em janeiro e vai ficar um ano sem subir, e a nova empresa de ônibus irá aproveitar os motoristas e os cobradores, isso é compromisso meu”.  
(Fonte: Portal Catalão)


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2018 - << Rádio Laser FM - Catalão-GO>>